Select Menu


Vote na Radio



REDE NOVA ESPERANÇA de comunicação. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

.

nada

.

.

Quem já pensou em formar uma banda sabe como é difícil encontrar um bom nome para dar ao grupo, mas engana-se quem pensa que artistas solos também não sofrem na hora de escolher um nome artístico.
Talvez você não saiba, mas no meio evangélico muitos cantores são conhecidos por nomes criados comercialmente. Quer um exemplo? O nome verdadeiro dos irmãos que formam a dupla Rayssa e Ravel é Cláudia e Francilano. Quer mais exemplos? O interprete de “Faz um Milagre em Mim” se chama João Geraldo, não Regis Danese; Mattos Nascimento é o pseudônimo de Matusael Nascimento e Jotta A é o nome artístico de José Antônio.
Usar nomes fictícios é uma prática comum no meio artístico e permitido pela Lei dos Direitos Autorais, assim os artistas estão autorizados a escolherem um nome para ocultar o nome verdadeiro.
Para um dos sócios da Agência Petra, especializada em assessoria artística, é importante pensar em um nome artístico, principalmente quando o artista tem um nome difícil de ser pronunciado. “Um nome artístico é o mesmo que escolher um nome de empresa”, diz ele.
Ao longo desses anos que trabalha com música evangélica, Alex percebe a dificuldade que muitos cantores sentem ao escolherem um pseudônimo para lançarem seus discos e iniciar uma carreira. Muitos escolhem nomes difíceis de serem ditos e ao se apresentarem ouvem um “como é?” o que mostra que algo está errado com o nome escolhido.
“Não existe uma receita para a escolha de um nome artístico ideal, e muito menos precisa ser seu nome de batismo, mas é de extrema importância entender que é preciso evitar nomes em que a ortografia e fonética sejam complicadas demais”, ensina ele que é tecladista da banda Adoração e Intimidade.
Atuando com a Agência Petra, Alex Eduardo e sua sócia, a jornalista Viviane Eduardo, percebem uma relutância de cantores que não aceitam trocar o nome artístico já escolhido quando começam a produzir um CD.
“Este é um assunto que pra muitos pode soar bobo e sem sentido, principalmente para aqueles que acreditam que só levar a mensagem de Deus basta”, pontua ele que ainda dá uma ótima dica: pesquise se o nome já não está sendo usado e se ele está disponível nas principais redes sociais.
Em seu perfil pessoal no Facebook Alex falou sobre o assunto e citou alguns nomes artísticos ao lado dos nomes verdadeiros dos cantores, seus amigos do meio evangélico aproveitaram o tema e revelaram a identidade de outros grandes nomes da música evangélica brasileira.
Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corposMais de 300 mil pessoas já implantaram biochips
A medicina está prestes a iniciar a implantação de um biochip que será capaz de controlar diabetes, ser usado como método contraceptivo e ainda para fazer exames dando um diagnóstico preciso e rápido até mesmo para casos de câncer.
O biochip é um dispositivo eletrônico do tamanho de um grão de arroz chamado de “wearables” assim como acessórios tecnológicos de uso pessoal como os óculos, relógio e pulseiras fabricados por empresas como LG, Motorola e Samsung.
A diferença é que este pequeno dispositivo será implantado dentro do organismo humano. “Os biochips vão acelerar o diagnóstico das doenças, porque são ultrasensíveis. Isso vai permitir exames de análises clínicas mais rápidos e baratos”, diz Idagene Cestari, diretora de bioengenharia do Instituto do Coração (Incor) em entrevista à Veja.
Através dessa cápsula de vidro será possível, por exemplo, analisar substâncias como o sangue para identificar se a pessoa está ou não doente.
Em casos de diabetes o biochip poderá ser implantado para liberar a quantidade ideal de insulina. Casos de pressão alta também poderão ser acompanhados por este pequeno aparelho que promete revolucionar a medicina.
Idagene é uma entusiasta sobre o uso desse dispositivo. “Poderemos fazer uma medicina personalizada”, disse ele.
Uma startup ligada ao  Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)  já testou um biochip para evitar gravidez. Implantado sob a pele ou no abdômen da mulher ele libera diariamente uma pequena dose de hormônio contraceptivo. O aparelho pode ser usado por 16 anos, quando a mulher desejar ter filhos, através de um controle remoto o médico ou a paciente desativa o biochip e estará pronta para gerar.
No Brasil a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) na área de otorrinolaringologia tem testado o biochip para casos de surdez.
Implantado no ouvido dos pacientes surdos, ou no tronco cerebral, o biochip libera impulsos elétricos estimulando o nervo auditivo. Com esse procedimento espera-se que cérebro interprete a informação e restaure a capacidade do usuário reconhecer os sons, ainda que sejam “robóticos”.

Uso de biochips aumenta a cada dia

O uso do biochips pode parecer novidades, mas há cerca de 300 mil pessoas que já usam esses dispositivos no mundo todo. A Veriteq Corp, fabricante de biochips nos Estados Unidos, já tem aval da  Food and Drug Administration (FDA) e já comercializada três modelos de dispositivos.
No Brasil não há fabricantes desses dispositivos, mas alguns brasileiros já estão usando para abrir carros e conectar computadores como é o caso de Raphael Bastos, de 28 anos.
Morador de Belo Horizonte (MG) o jovem conseguiu implantar um biochip que lhe permite destravar computadores, passar por catracas, destrancar portas e ligar o carro apenas encostando a mão esquerda em um leitor.
Bastos conseguiu adquirir um biochip através da loja Dangerous Things, um site especializado em comercializar esses dispositivos. Com 99 dólares é possível comprar o aparelho e ainda seringas especiais e bisturis que devem ser usados para a implantação do produto.
O acidente envolvendo um carro e um ônibus acabou danificando uma parte do portão do Templo de Salomão na madrugada desta terça-feira (19) em São Paulo.
Depois do impacto com um carro de passeio o ônibus atingiu a grade da mega igreja da Igreja Universal na Avenida Celso Garcia. Mais da metade do veículo chegou a entrar na área que pertence ao Templo, o restante do ônibus ficou na calçada.
De acordo com o G1, o motorista do carro se feriu e foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Vila Alpina. Por volta das 8h30 o ônibus já havia sido retirado e o corredor de ônibus avenida estava liberado no sentido Centro.
Além do motorista do carro, nenhuma outra pessoa se feriu neste acidente que chegou a bloquear a avenida, uma das principais, que liga a zona Leste da capital paulista com o Centro. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) chegou a montar uma faixa reversível para liberar o trânsito, mas assim que os veículos foram retirados, o fluxo de carros foi normalizado.
O Templo de Salomão foi inaugurado no dia 31 de agosto em uma cerimônia exclusiva para convidados. Entre bispos e pastores da própria Universal, estavam também autoridades políticas como a presidente Dilma Rousseff; o governador de São Paulo Geraldo Alckimin, o prefeito da cidade de São Paulo Fernando Haddad e outros. Artistas da Rede Record também estavam presentes