Taxista evangélico pára na delegacia por não permitir beijo de casal gay em seu carro

Um taxista evangélico foi parar na delegacia, no Rio de Janeiro, por não permitir que um casal de homossexuais se beijasse em seu carro. Ezer Gomes de Barros se negou a levar os passageiros Sérgio Porto Costa e Robson Gomes de Brito que tomaram o veículo no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, depois que eles ignoraram si pedido para
não se beijassem no veículo conduzido por ele. Após pedir aos dois que não se beijassem dentro do veículo e ser ignorado, o taxista parou nas imediações do aeroporto, na Ilha do Governador, onde se negou a seguir viagem. Os rapazes chamaram a polícia, que levou todos para a delegacia, segundo informações do site Lado A. A ocorrência foi levada para o Juizado Especial Criminal (Jecrim) e Barros será acusado de injúria, crime que tem pena prevista é de um a seis meses de detenção ou multa. O taxista explicou a situação afirmando ter ficado constrangido com a cena. Ele afirmou que não expulsou os dois, mas que apenas pediu para não namorarem no veículo, o que segundo ele, pediria também a um casal heterossexual. Fonte: G Notícias
COMPARTILHAR:

+1

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja