Ateus militantes lançam documentário como parte de sua estratégia para abolir a religião no mundo

Ateus militantes lançam documentário como parte de sua estratégia para abolir a religião no mundo
Uma iniciativa que visa “livrar o mundo da religião” foi lançada no último dia 29 de abril durante o Hot Dog Festival de Cinema de Toronto, no Canadá. Na ocasião, foi apresentado o documentário The Unbelievers (Os Incrédulos, em tradução livre), produzido pelos famosos ateus Richard Dawkins e Lawrence Krauss.
Durante o festival, Dawkins e Krauss discutiram num fórum sobre as estratégias para fazer as pessoas deixarem de acreditar em Deus. Para Dawkins, o melhor meio seria um ataque maciço às instituições religiosas e o teor de suas crenças, enquanto que para Krauss, a melhor maneira de acabar com a crença em Deus seria “seduzir” os fiéis mostrando a visão da ciência sobre sua fé.

Dawkins, que é biólogo e adepto da Teoria da Evolução, acredita que a visão das pessoas a respeito da vida deve ser baseada naquilo que é real, concreto. Já Krauss, que é físico, frisou que para ativistas ateus como eles, é mais importante que as pessoas vejam que “o universo e a vida são questões em aberto”, sem definições ainda: “A espiritualidade da ciência é melhor do que a espiritualidade da religião, porque é real”, disse ele.
Em contra-ataque à iniciativa capitaneada pelo documentário The Unbelievers, a entidade cristã  Answers In Genesis publicou em seu site um artigo da doutora Elizabeth Mitchell, criticando a postura de Dawkins e Krauss.
“Como a maioria dos ateus, Dawkins e Krauss se permitem reconhecer a natureza baseada em sua visão de mundo obtida nas interpretações do que eles definem como ‘real’. Eles dizem repetidamente na entrevista para aceitarmos a ‘prova de realidade’ sobre as origens, quando eles estão realmente igualando a sua visão de mundo baseada interpretações da realidade. Além disso, a crença ateísta que Deus não existe na verdade é uma ‘religião’”, pontuou Elizabeth Mitchell.
Para ela, o conceito de que ateus precisem ser ativistas em busca de adeptos é uma manifestação religiosa: “A crença de Krauss que os átomos em seu corpo se originaram há bilhões de anos numa explosão, por exemplo, é a forma ‘religiosa’ que ele usa para explicar a sua existência sem Deus [...] Ateus afirmam serem não religiosos, mas eles usam o seu conjunto de crenças como uma forma de explicar a vida sem Deus, eles adoram e servem a criação (por exemplo, o universo) em lugar do Criador (Romanos 1:25)”, rebateu.
Por Tiago Chagas,
COMPARTILHAR:

+1

0 comentários:

Postar um comentário

Postar um comentário

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja