Vitor Belfort diz que chute usado para nocautear adversário no UFC foi sugestão do Espírito Santo

Vitor Belfort diz que chute usado para nocautear adversário no UFC foi sugestão do Espírito Santo
O lutador de Mixed Martial Arts (MMA) Vitor Belfort venceu a mais recente edição do UFC realizada em Jaraguá por nocaute, e afirmou que o golpe usado por ele foi recomendado pelo Espírito Santo.
Antes do duelo contra Luke Rockhold, Belfort treinou baseado no estudo feito por seus preparadores sobre o adversário, e o chute usado durante a luta havia sido um dos golpes menos executados.
“Eu e meus treinadores temos uma conectividade muito boa e treinamos muito esse chute no camp passado [na preparação para enfrentar Michael Bisping, adversário anterior] Desta vez, esse chute eu só treinei um dia na academia, foi bem pouco”, afirmou Belfort, segundo informações do Esporte Interativo.

De acordo com o lutador, que é evangélico e possui um livro autobiográfico com seu testemunho de vida, momentos antes de entrar para o octógono, sentiu a necessidade de testar o chute que daria a vitória a ele no confronto: “Só que no vestiário eu senti. O Espírito Santo falou no meu coração: ‘Treina esse chute’. Aí eu falei: ‘Henri [Hooft, treinador de striking da Blackzilians], segura para mim aquele chute que a gente treinou?’[...] Os meus treinadores me conhecem, e quando pedi essa coisa eles me atenderam. Não sei se todos eles sentiram, mas eu senti muito forte dentro de mim, como se Deus estivesse falando: ‘Vitor, treina isso aí’. Minha vida é fé. Se você não tiver fé, não chega a lugar nenhum”, disse Belfort.
Segundo ele, a execução do golpe durante uma luta era um desejo de seu filho: “O Davi adora esse chute. Ele queria muito que eu nocauteasse assim, aí ficava pedindo. E eu pude dar esse chute para ele e para o Brasil inteiro. Acabei de ver o vídeo, fico até emocionado de lembrar daquela torcida. E eu, com minha idade e com tudo que já fiz pelo esporte, poder estar proporcionando e recebendo também, porque é muito carinho do povo brasileiro”, concluiu o atleta de 36 anos.
Por Tiago Chagas,
COMPARTILHAR:

+1

0 comentários:

Postar um comentário

Postar um comentário

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja