Presidente Dilma Rousseff convoca líderes católicos para reunião sobre protestos e Silas Malafaia diz que o PT não tem consideração pelos evangélicos

Presidente Dilma Rousseff convoca líderes católicos para reunião sobre protestos e Silas Malafaia diz que o PT não tem consideração pelos evangélicos
A presidente Dilma Rousseff convocou no início dessa semana uma série de reuniões para discutir os protestos que eclodiram em todo o país nas últimas semanas. Entre as reuniões marcadas pela presidente está um encontro com membros da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que representam a Igreja Católica.
Nessa segunda feira a presidente se reuniu no Palácio do Planalto, com representantes do Movimento do Passe Livre (MPL), organizadores das primeiras manifestações pelo país, e falou em seguida com os 27 governadores de Estado e do Distrito Federal, além dos prefeitos das capitais.

Segundo a Agência Estado, nessa terça feira (25) a presidente fará novas reuniões, recebendo outros segmentos representativos de movimentos jovens, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da CNBB, que na última sexta feira havia declarado que Igreja dará apoio às manifestações que tomaram conta do país.
Nessa segunda feira, OAB e CNBB realizaram um ato público em Brasília, junto ao Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), para pedir reforma política no Brasil. Na reunião foi proposto um anteprojeto de lei de reforma política por iniciativa popular defendendo o financiamento democrático das campanhas, voto transparente e a liberdade de expressão na Internet.
A convocação dos líderes católicos levantou questionamentos sobre o porquê de nenhum líder evangélico ter sido convocado para a reunião.
- Dilma convoca representantes da igreja católica, e nós evangélicos? – questionou o pastor Silas Malafaia através do Twitter.
O questionamento de Malafaia trazia ainda um link para um texto em seu site discutindo a não convocação de líderes evangélicos pela presidente, e que mesmo tendo vários evangélicos próximos ao Governo, estes não foram chamados para manifestares sua opinião.
- Os evangélicos representam quase 30% da população brasileira. A verdade é nua e crua! O PT quer o nosso voto, mas não tem nenhuma consideração pela nossa comunidade. O que esperamos é que o povo evangélico lembre-se disso nas eleições de 2014 – confronta o texto.
Por Dan Martins, 
COMPARTILHAR:

+1

1 Comentario "Presidente Dilma Rousseff convoca líderes católicos para reunião sobre protestos e Silas Malafaia diz que o PT não tem consideração pelos evangélicos"

  1. desculpe -me a franqueza,porem o que tem feito os evangelicos para serem chamados para alguma reunião?
    bem muita divisão em nosso meio e muita indiferença,muito ego,e pouca obediência as outoridades eclesiasticas,feliciano esta la e cade o apoio,a maioria não crer nem no que prega,temos que reagir,me desculpem.

    ResponderExcluir

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja