Movimento Eu Escolhi Esperar é destaque no programa Profissão Repórter

Movimento Eu Escolhi Esperar é destaque no programa Profissão RepórterMovimento Eu Escolhi Esperar é destaque no programa Profissão Repórter
O programa “Profissão Repórter” desta terça-feira (17) falo sobre a sexualidade dos jovens brasileiros, mostrando que eles estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo ao mesmo tempo em que surgem movimentos que pregam sobre a importância da virgindade até o casamento.
Para falar sobre o caso a repórter Jackeline Salomão acompanhou uma reunião do movimento “Eu Escolhi Esperar” incluindo o casamento de Shirlei e Maicon que namoraram por quatro anos mantendo a promessa de só terem relações após o casamento.

O pastor Nelson Junior, coordenador do movimento, foi entrevistado pela reportagem explicando qual o objetivo de seu ministério. “A gente quer ajudar o jovem a entender as implicações de cada escolha”.
Além do casal Shirlei e Maicon a repórter da Globo conheceu Gabriel e Bianca, que antes de se converterem tiveram uma filha e, apesar de morarem juntos, decidiram só voltar a ter relações sexuais depois de se casarem. Os jovens exemplificam bem a estatística apresentada pelo pastor Nelson onde “a cada 10 jovens cristãos hoje, sete não são mais virgens”.
Os repórteres falaram diretamente com jovens de escolas públicas e privadas de Salvador e percebeu uma grande diferença: 42,6% dos alunos da escola pública revelaram já terem tido a primeira relação sexual, enquanto que na escola particular apenas 16,4% já tiveram.
A capital baiana aparece na pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) como a cidade com o maior percentual de alunos que já tiveram a primeira relação sexual, 36,5%, entre os alunos do nono ano do ensino fundamental. Com informações G1.
COMPARTILHAR:

+1

0 comentários:

Postar um comentário

Postar um comentário

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja