História de casal evangélico é contada em vídeo emocionante

História de casal evangélico é contada em vídeo emocionanteHistória de casal evangélico é contado em vídeo emocionante
A história comovente de uma mulher cujo namorado sofreu uma lesão cerebral debilitante tem chamado atenção da mídia nos últimos dias. O vídeo que fala sobre seu relacionamento tornou-se um viral com quase um milhão de acessos. Embora não seja novo, voltou a ser notícia esta semana, após uma matéria do maior jornal da Inglaterra.
Ian e Larissa Murphy são um casal marcado pela superação que só pode vir pela graça divina. Eles se conheceram na faculdade, em 2005. Cerca de 10 meses depois, já faziam planos de ficarem noivos. Planejavam se casar logo depois de terminar a faculdade, em dezembro de 2006.

Mas tudo mudou quando Ian sofreu um terrível acidente de carro, ficando com uma lesão cerebral debilitante. Em 30 de setembro daquele ano, Ian estava indo para o trabalho quando quase perdeu a vida. Contudo, as sequelas eram gravíssimas.
“Recebi um telefonema contando que ele havia sofrido um acidente”, lembra Larissa. “Ian sofrera um traumatismo crânio-encefálico”. Nada em suas vidas parecia mais dar certo. Larissa conta detalhes do relacionamento em um vídeo e tem recebido apoio de pessoas do mundo inteiro.
Seu futuro esposo estava impedido de fazer qualquer coisa. Passava o dia todo na cama e sequer conseguia se comunicar. Ao invés de desistir e começar algum outro relacionamento, Larissa se mudou para a casa da família de Ian para ajudar a cuidar dele.
Durante meses ela esperou que ele melhorasse. Prometeu que, caso ele conseguisse voltar a se comunicar, eles poderiam realizar o casamento.
“Eu sabia quem ele era. Mesmo sendo incapaz de falar, eu sabia que ele ainda me amava”, diz ela. “Olhando para trás, é estranho, porque ele não podia falar, não podia comer, então nós namorávamos de uma maneira que parecia esquisita. Só eu falava com ele. Acredito que Ian jamais teria me deixado se os papeis fossem invertidos. Abandonar meu melhor amigo nunca foi uma opção para mim”, diz Larissa
Quando Ian voltou a poder se comunicar, mesmo que apenas com gestos, o casal decidiu se casar. Mas por causa da situação, precisaram pedir a um juiz uma permissão especial para o casamento. Ian não era capaz de dizer nenhuma palavra, mas sinalizou o “sim”.
“Vocês dois exemplificam que o amor é tudo. Eu acredito que seu casamento não irá apenas beneficiar a ambos, mas a nossa comunidade como um todo. Espero que todos nesta cidade posam ver o seu amor um pelo outro”, disse o pastor no dia da cerimônia.
Larissa e Ian são evangélicos. Ela conta que buscou em Deus força para continuar, enquanto luta diariamente para sustentar a casa e cuidar do esposo. A recuperação de Ian tem sido muito lenta. Assim como ela precisou ajudá-lo a ficar de pé no dia que trocaram votos, agora o ajuda com suas tarefas cotidianas.
Ela acredita que Deus salvou a vida de seu esposo porque tinha um propósito. Por isso, gosta de citar uma passagem bíblica “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados segundo o seu propósito” (Rm 8:28). Conta que esse se tornou, de certa maneira, o ‘lema’ de seu casamento.
Em sua casa existe um “quadro de ação de graças”. Toda vez que recebem alguma visita, pedem que a pessoa escreva algum motivo pelo qual deseja agradecer a Deus e coloque no mural.
“Este casamento está cercado por Jesus e nós ansiosamente esperamos ir para o céu, onde as coisas serão diferentes. O Senhor é nosso criador e mantenedor”, conta Larissa. “Nós amamos a Deus. E acreditamos que Ele é um Deus soberano e amoroso, que governa todas as coisas”.
Conta ainda que muitas vezes eles aconselham casais, tentando mostrar que mesmo os maiores problemas ou diferenças do casal podem ser superados com amor e a graça de Deus. Com informações Daily Mail.
Assista:
COMPARTILHAR:

+1

0 comentários:

Postar um comentário

Postar um comentário

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja