Bíblia de Martin Luther King é motivo de disputa entre seus filhos

Bíblia de Martin Luther King é motivo de disputa entre seus filhosBíblia de Martin Luther King é motivo de disputa entre seus filhos
Os três filhos de Martin Luther King estão disputando na justiça americana a Bíblia que pertenceu ao pai, morto há 45 anos.
Bernice Albertine, Martin Luther King III e Dexter Scott estão brigando desde janeiro, quando os dois homens da família anunciaram o desejo de vender a Bíblia e o Prêmio Novel da Paz que Luther King recebeu em 1964.
Os objetos são marcas da luta do religioso pelos direitos civis dos negros americanos e possuem muito valor, tanto que estão guardados em um banco em Atlanta (Geórgia).

Desde 1995 os filhos possuem o mesmo direito sobre os bens do pai. Berenice é contra a venda dos objetos e chegou a convidar a imprensa para uma coletiva para deixar claro que não pretende vendê-los.
“Esses objetos não devem ser vendidos a qualquer pessoa ou instituição, porque eles são sagrados. Estou tomando esta posição forte por meu pai, porque meu pai não está aqui para dizer por si mesmo ‘minha Bíblia e minhas medalhas não estão à venda’”, disse ela.
O comunicado foi feito na Igreja Batista Ebenezer de Atlanta, mesmo local onde seu pai discursou por diversas vezes antes de ser assassinato. Além da imprensa, membros respeitados do movimento pelos direitos civis estiveram presentes e apoiaram a decisão de Berenice.
Essa não é a primeira vez que os filhos recorrem à justiça para resolverem problemas da herança. De acordo com o historiador Ralph Luker, co-editor da obra “Os documentos de Martin Luther King Jr”, os filhos já disputaram a direção da ONG fundada pela mãe e outros objetos deixados como herança.
COMPARTILHAR:

+1

Não Consegue Ouvir ?

Participe Por SMS



Igreja